Como a Proteína te Ajuda no Emagrecimento

Como a Proteína te Ajuda no Emagrecimento

Um dos pilares do emagrecimento é o planejamento alimentar, mais conhecido como dieta, sendo ela constituída de 3 macronutrientes: carboidratos, gorduras e proteínas, sendo essa última, sem dúvida, uma grande aliada no processo de emagrecimento.

A ingestão de alimentos ricos em proteínas e o controle com os carboidratos ajudam na eficiência do emagrecimento. Quando realizado uma reeducação alimentar de forma equilibrada e personalizada para cada pessoa fica mais fácil perder peso.

Dessa forma, a seguir, iremos abordar mais abertamente sobre como a proteína assume um importante papel no emagrecimento saudável.

O que é Proteína?

As proteínas são cadeia de aminoácidos presentes em todos os seres vivos. Tudo o que o seu corpo faz ou o que seu corpo precisa tem relação direta com as proteínas que você produz e consome.

Toda a proteína consumida nas quantidades corretas ajudam em diversas funções do corpo humano, trazendo o equilíbrio alimentar e biológico que você precisa para viver bem e ter um desenvolvimento saudável.

As proteínas são encontradas em alimentos de origem animal, como carnes variadas, ovo, leite e seus derivados, podendo também ser encontradas em origem vegetal como feijão, lentilha, grãos, nozes e algumas hortaliças como brócolis, espinafre e couve.

Qual sua Importância?

As proteínas que você consome são responsáveis por organizar e manter diversos tecidos e sistemas do corpo humano. As proteínas são nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, do desenvolvimento de células e dos tecidos.

Dentre os diversos motivos para se comer proteínas, estão:

  • Ajuda na produção de massa muscular;
  • Melhora a produção de anticorpos, o que ajuda na imunidade;
  • Auxilia na cicatrização e recuperação de tecidos machucados;
  • Promove maior força e beleza em unhas e cabelos;
  • Equilibra as funções hormonais;
  • Dá maior saúde às articulações, reduzindo a chance de problemas.

Além disso tudo, as proteínas são fonte de energia tal qual os carboidratos e as gorduras. Cada grama de proteína oferta para seu organismo 4 kcal de energia, que é a mesma quantidade de energia que os carboidratos fornecem.

Em que elas ajudam no emagrecimento?

A principal vantagem que a proteína tem acima dos outros dois macronutrientes é a sua baixa velocidade de digestão, quesito fundamental para garantir um controle alimentar mais fácil de administrar.

Por serem de lenta digestão, têm papel fundamental no emagrecimento, pois auxilia na saciedade. E em conjunto com a leptina, hormônio responsável pela saciedade que é liberado ao comer, trazem o que você precisa para se manter na dieta.

Outra razão para ela ser muito importante é que ela possui um efeito termogênico, ou seja, sua digestão ajuda a queimar calorias. Isso se dá porque a proteína tem uma difícil digestão, o que gera mais esforço do seu corpo para digeri-la, o fazendo gastar energia.

Outra de suas potencialidades é a redução do índice glicêmico dos carboidratos. Quanto maior o índice glicêmico, mais rápido o carboidrato é absorvido e mais prejudicial ele é. Logo, a proteína tem o poder de reduzir a velocidade que o carboidrato é absorvido.

Agora que você já sabe como a proteína pode te ajudar no processo de emagrecimento, invista na sua ingestão equilibrada e mantenha uma rotina de exercícios regularmente.

Dieta para o Emagrecimento

Tipos de Dieta para o Emagrecimento

Dos diversos fatores que influenciam o emagrecimento a dieta é um desses elementos, se não o principal, que pode fazer diferença entre o sucesso da sua empreitada ou o fracasso total no processo de promoção da perda de gordura corporal.

No mundo fitness diversas dietas são difundidas com esse objetivo. Mas temos sempre que ter cuidado com a dieta que escolhemos, tendo em vista que muitas delas podem não se adequar ao nosso estilo de vida, podendo até trazer prejuízos à saúde.

É importante entender que o principal a ser feito é buscar um Nutricionista qualificado para prescrever a dieta ideal para você, mas caso não tenha como buscar um, é importante entender o que cada dieta pode trazer a você, possibilitando um melhor planejamento.

Pensando nisso, abordaremos a seguir mais informações sobre esse importante tema. Acompanhe agora.

Low Carb

Não dá para iniciar uma reeducação alimentar e seguir uma dieta com o propósito de emagrecer e simplesmente cortar a ingestão de carboidratos. É preciso seguir alguns passos para conquistar de maneira saudável os seus objetivos.

Uma das dietas mais famosas e queridinhas do momento é a dieta low carb, que nada mais é do que reduzir o consumo de carboidratos e prioriza a ingestão de gorduras e proteínas.

Há duas formas de energia no corpo, açúcar (carboidratos) ou gordura (lipídeos).

Quando você tem pouco açúcar no corpo, ele passa a utilizar mais da reserva de gordura provocando o emagrecimento.

O que é importante salientar é que para o sucesso dessa dieta, alguns erros devem ser evitados, como:

  • A eliminação dos carboidratos por completo na alimentação;
  • Saber diferenciar os carboidratos bons e ruins;
  • Consumir gorduras saturadas/trans em excesso.

Cetogênica

Em um primeiro momento, a dieta cetogênica surgiu como alternativa para evitar convulsões e crises de epilepsia para pessoas que sofriam desse mal, já que provocava um estado de cetose nutricional, diminuindo consideravelmente episódios de epilepsia.

Mas hoje, com seus resultados de emagrecimento, ela pôde ser adaptada para todas as pessoas, porém, é claro, sempre com acompanhamento profissional, já que reduz bastante a ingestão de carboidratos, por ser muito restritiva.

O que deve ser visto nessa dieta é, principalmente, o consumo de água adequado e não se exceder nas gorduras.

Atkins

Assim como as outras, a dieta Atkins também trabalha com a redução de carboidratos, criada pelo médico Dr. Robert Atkins. Ela possui 4 etapas: indução, perda de peso contínua, pré-manutenção e manutenção.

Por se tratar de uma dieta rica em proteínas, também acabou levando esse apelido dieta atkins ou dieta da proteína.

E, como mencionamos anteriormente, toda e qualquer reeducação alimentar deve ser prescrita por um profissional qualificado (Nutricionista ou Médico Nutrólogo) para evitar riscos à saúde.

Conclusão

Seja qual for a dieta escolhida para eliminar gordura e reduzir medidas, é necessário fazer uma combinação de alimentação balanceada com a prática de exercícios físicos para assim, conquistar os resultados desejados.

Dessa forma, as chances de sucesso no emagrecimento aumentam e você passa a viver com muito mais qualidade de vida. Decida com o profissional que lhe assiste qual dieta seguir e boa sorte!

Efeito Sanfona

Saiba como se Livrar do Efeito Sanfona

É muito comum para algumas pessoas que estão no processo de emagrecimento acabar entrando em um ciclo eterno de perda de peso e ganho de peso, que é o chamado “efeito sanfona”. E assim, deixando de conquistar seus objetivos em definitivo.

E ainda, tendo sua saúde comprometida, assim como sua autoestima e confiança em si mesmo.

Ser capaz de se livrar do efeito sanfona é um dos principais desafios dos que atualmente estão enfrentando o sobrepeso e deve ser feito em um processo com acompanhamento profissional e orientação médica.

Nesse sentido, reunimos as principais informações que ajudarão você a se livrar do efeito sanfona. Conheça agora!

O que é o Efeito Sanfona?

Como já mencionado anteriormente, o efeito sanfona é basicamente quando uma pessoa passa por uma dieta muito restritiva e inadequada, passando por um emagrecimento rápido e logo depois já engordando todo o peso perdido e até mais.

Ou seja, nada mais é do que um ciclo sem fim de decisões erradas e com pouco foco no que realmente importa: emagrecer com saúde.

É muito frequente esse efeito em pessoas que optam por emagrecer sem qualquer orientação profissional e sem planejamento algum.

Quais Prejuízos esse Efeito Causa no Corpo?

Um dos malefícios que pode ocorrer na saúde de quem sofre com esse tipo de efeito após o emagrecimento, é, sem dúvida, o surgimento de diversas doenças como:

  • Diabetes;
  • Hipertensão;
  • Colesterol alto.

Sem contar que afeta diretamente na autoestima do indivíduo, causando frustrações e deixando-o desmotivado para continuar insistindo nos seus objetivos.
Devido a constante perda e ganho de peso o corpo passa apresentar reações a esse feito mais externamente, como o surgimento de estrias, celulite e, principalmente, muita flacidez, o terror da maioria das mulheres.

O metabolismo se encontra em uma verdadeira bagunça e, por isso, é tão importante que seja respeitado os limites individuais de cada pessoa para que consiga evitar esse efeito prejudicial à saúde.

Como Evitar o Efeito Sanfona?

Para dar adeus a esse indesejável efeito ioiô, é extremamente importante que o emagrecimento aconteça de maneira saudável e com foco em encontrar o equilíbrio entre as atividades físicas e uma reeducação alimentar adequada a cada estilo de vida.

Desde o início, é fundamental o acompanhamento de um profissional qualificado, justamente para que se evite passar por cortes abruptos e desnecessários na alimentação que só irão cooperar para a volta ainda mais desastrosa do peso antigo.

O segredo está na implementação de bons hábitos alimentares que incluam os alimentos que já fazem parte do dia a dia da pessoa e adequando e inserindo outros mais que também sejam saudáveis e cooperem para um emagrecimento saudável.

Há alguns passos e atitudes que farão toda a diferença no combate ao efeito sanfona e na luta pelo corpo ideal, que são:

  • Mude a relação com a comida;
  • Seja flexível;
  • Não pule as refeições;
  • Se hidrate bastante;
  • Tenha constância;
  • Seja paciente.

Dessa forma, é essencial entender que não há ganhos quando se está sofrendo no processo. A mudança de hábitos e estilo de vida deve ser feita sem sofrimentos e proporcionar bem-estar. Lembre-se disso e compreenda que toda grande conquista demanda esforço, tempo e muita determinação.

Gostou do que leu? Continue no nosso blog e leia outros de nossos interessantes temas disponíveis. Visite nossa página especial de produtos Performance Nutrition!

Realizar Exercícios em Casa

Principais cuidados e Dicas para Realizar Exercícios em Casa

Devido à pandemia, as atividades físicas dentro de casa, nunca foram uma realidade tão presente na vida das pessoas como nos tempos atuais, com o isolamento social.

E por isso, se faz necessário conhecer os principais cuidados que devem ser tomados para a prática de exercícios no conforto do lar, com segurança e criando oportunidades para a conquista de resultados reais e satisfatórios.

Para manter-se em forma, não é necessário aparelhos pesados ou complexos e com as dicas a seguir, você conseguirá se adaptar aos treinos em casa e fugir das lesões realizando os movimentos certos. Continue a leitura!

Separe um Espaço Adequado e Seguro

De preferência um local arejado, mas caso não seja possível opte sempre por um ambiente livre de objetos que você possa tropeçar ou esbarrar. E cuidado com tapetes e pisos escorregadios.

O treino pode ser feito no quarto, na sala ou em qualquer lugar que tenha espaço para você circular e realizar os movimentos de maneira livre e sem restrições.

Use Roupas Confortáveis

Se você já mantinha uma rotina de exercícios na academia e por alguma razão além da pandemia precisou parar, possivelmente já utilizava roupas mais leves, e com os treinos em casa não é diferente.

O que ajuda até mesmo a já ir entrando no clima de treino e ajudando a não perder o foco.

Não se Esqueça de Alongar

Aqueça e prepare seu corpo, alongar é fundamental!

Dedicar de 5 a 10 minutos antes do treino para o alongamento é importante para que o corpo seja lubrificado e suas articulações e músculos se preparem para o esforço que será demandado.

Mantenha a Rotina de Exercícios

Ter foco é um dos passos principais para conquistar os resultados que deseja e, portanto, é necessário educar-se para manter uma rotina de exercícios físicos.

Programe-se e estabeleça dias e horários mais oportunos para que consiga manter a constância nos treinos e, assim, perceber as mudanças.

Busque Orientação Médica e Acompanhamento de Um Profissional Qualificado

Antes mesmo de iniciar a prática de atividades físicas em casa ou na academia é indicado que se busque ajuda médica, a fim de certificar que sua saúde está bem o suficiente para começar o seu programa de exercícios.

Logo após isso, outra super indicação é: procure um profissional ou plataforma que te possibilite uma forma segura de praticar seus exercícios para evitar que a sua ação em prol da saúde não acabe se tornando um problema.

Treinar sem orientação pode ser bem perigoso, uma vez que há diversos exercícios, movimentos, entre outras coisas. Somar isso com falta de conhecimento é muito propício para fazer alguma coisa errada e ocasionar em lesões ou dores desconhecidas.

Existem diversos aplicativos que possibilitam uma boa orientação sobre execução e planejamento dos exercícios, mas, se você puder, a melhor opção sempre será o acompanhamento de um profissional de educação física!

Conclusão

Agora que você já conhece as principais dicas e cuidados que deve tomar para praticar a atividade física dentro de casa. Comece a implementar esses novos hábitos saudáveis na sua rotina e conquiste a qualidade de vida que sempre sonhou. Bom treino!

Alimentos que Ativam o Metabolismo

Alimentos que Ativam o Metabolismo

Seja para aumentar a disposição no dia a dia, melhorar a digestão e o sono ou mesmo para ajudar na perda de peso, muitas pessoas buscam por opções de alimentos que ativam e aceleram o metabolismo. Certamente você sabe como a alimentação é um componente importante de uma rotina mais saudável, e é sim possível optar por alguns alimentos, temperos e até bebidas que melhoram o metabolismo.

Mas atenção, nenhum alimento sozinho faz milagres para o emagrecimento. A rotina de exercícios físicos ainda é necessária para conquistar os resultados desejados. Vale lembrar, ainda, que cada pessoa e cada metabolismo são diferentes, logo é importante testar aquilo que é mais eficiente a cada caso. Um último ponto antes de entrarmos na lista de alimentos que ativam o metabolismo, é sobre destacar a importância de procurar por nutricionistas para montar o melhor plano alimentar para suas necessidades e objetivos.

A seguir, conheça os principais alimentos para ativar e acelerar o seu metabolismo.

Atum e Peixes

Os peixes são proteínas valorizadas pela saciedade e também pelas quantidades de ômega 3. O atum, seja cru ou grelhado, é um forte exemplo de alimento que ajuda no metabolismo, estimulando a produção de energia e entregando as gorduras saudáveis necessárias para o corpo. Sabe-se também que o ômega 3 ajuda no controle da glicose, evitando sua circulação e o acúmulo de gorduras.

Pimenta

Especialmente a pimenta vermelha, in natura ou em pó, é muito positiva para incluir em diferentes preparações. O segredo é a capsaicina, a substância que está relacionada com a picância, e suas propriedades antioxidantes e antiinflamatórias.

De certa forma, o efeito das pimentas no metabolismo, assim como acontece em outros temperos como açafrão e os exemplos aqui da sequência, está relacionado com seu sabor e sua força.

Gengibre e Canela

Utilizados tanto para temperar pratos e bebidas como em chás, os efeitos do gengibre e da canela são muito similares àqueles da pimenta. Em todos estes casos, o sabor peculiar pode ser um elemento que torna tais opções de alimentos pouco agradáveis. Vale a pena experimentar diferentes utilizações antes de descartar completamente da dieta.

Cafeína e Guaraná

Pelo efeito energético, tanto o guaraná quanto a cafeína, seja no próprio café ou no chá verde, funcionam muito bem para ativar o metabolismo. A cafeína também está relacionada com a queima de gordura!

Brócolis

Com boas quantidades de vitamina C e cálcio, além da clorofila, é um alimento antioxidante e rico em fibras, ajudando no funcionamento do intestino enquanto também é uma fonte de energia saudável. Outros vegetais de folhas escuras, como a couve, e grãos como a lentilha e o grão de bico, também contribuem para a sensação de saciedade e uma melhor digestão.

Novamente, nenhum alimento sozinho faz milagres. Não é recomendável, tampouco, consumir qualquer uma das opções acima em grandes quantidades, e é necessário também reconhecer se você tem alguma alergia ou qualquer outra restrição alimentar. Opte por uma alimentação equilibrada, sem exageros e rica em nutrientes, substituindo principalmente os doces e os ultraprocessados.

Agora que você conheceu estas opções de alimentos para melhorar o metabolismo, confira também os 3 elementos essenciais para o emagrecimento saudável.

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Click outside to hide the compare bar
Compare
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping
Carrinho de compras fechar